2 de março de 2009

Semana sem palavrão

Deram no G1:

Jovem de 15 anos defende semana sem palavrão nos EUA


Um grupo antipalavrão chamado No Cussing quer promover uma semana sem palavras obscenas em Los Angeles, ainda em março. O líder da organização, McKay Hatch, de apenas 15 anos, vai se encontrar nesta terça-feira (3) com Michael Antonovich, representante da região com milhões de pessoas, para tentar viabilizar o projeto.

Hatch iniciou seu clube antipalavrão aos 14. E, mesmo se aprovada em Los Angeles, ele está ciente de que nem todos vão aderir à proposta. Muitas vezes quando os integrantes de seu grupo se encontram às quartas-feiras, na escola de South Pasadena, alguém acaba soltando um termo inapropriado para a ocasião. Além disso, Hatch já foi criticado por aqueles que gostam e defendem os palavrões.

Antonovich afirmou que, mesmo se colocada em prática, a semana antipalavrão não implicará multas para aqueles que não aderirem. “Funciona como um lembrete para todos nós, para sermos respeitosos com os outros e ficarmos atentos às palavras que usamos”, afirmou Tony Bell, porta-voz do supervisor.

Em março do ano passado, South Pasadena, a cidade natal de Hatch, instaurou uma semana livre de palavrões. Há dois anos, uma escola do Canadá ameaçou expulsar aqueles que abusassem dos termos de baixo calão. O jovem quer ir além com seu projeto. “No ano que vem, quero levar a semana antipalavrão na Califórnia. E então, quem sabe, em todo o mundo?”

O adolescente acredita que, se as pessoas se tratarem de maneira mais civilizada, poderá ser mais fácil o trabalho em equipe e a solução de grandes problemas. Ele disse que sua campanha começou quando percebeu que os amigos usavam xingamentos, algo que sua família não permitia. “Não quero forçar ninguém a parar, apenas criar um alerta. Se você ficar uma semana sem xingar, talvez consiga duas. E, depois, talvez um mês.”

* * * * *

Carai! Que ideia da porra! Putaquiparêo!

3 comentários:

Giovanni Gouveia disse...

puta que pariu que queijo do caralho esse filha da puta que tá precisando de bater mais punheta pra ver se solta mais a porra da gala que deve estar atrapalhando a buceta do funcionamento do cérebro de cu que esse frango tem...
Vá tomar no cu, mama rola, vai chupar uma xoxota que é mió...

Oto ® disse...

Esses estadosunidenses não têm mesmo o que fazer

Fudêncio disse...

Que ideia do caralho, esse fela da puta é um dador de bunda dos mais chupa-rolas que tem por aí. Pelo menos deve ter uma vontade da porra de levar uma pica no cu.
Vai te fuder, americano de merda.